31 outubro 2009

Extraordinário!

O incrível encontro da ciência e da técnica com a arte. Outros videos podem ser vistos em LumiereTechnology.
Ver também interessante matéria sobre isto publicada hoje no Caderno Ñ, do jornal argentino Clarin.

29 outubro 2009

O fotógrafo em documentário.

Documentário de Aline Sasahara sobre a exposição Êxodos, do fotógrafo Sebastião Salgado. Este e outros filmes latinoamericanos disponíveis na Televisión América Latina.

27 outubro 2009

Retrospectiva de László Moholy-Nagy.

image 

Pintura (sem título) de László Moholy-Nagy,
realizada em 1927.
Artes aplicadas y relacionadas
"Al cumplirse noventa años de la fundación de la influyente escuela Bauhaus, se inauguró en esta ciudad una retrospectiva de uno de sus artistas y docentes clave, que fue pionero del arte multimedia en los años veinte y treinta." Matéria publicada hoje no jornal argentino Página12.

26 outubro 2009

"Ossos"

Trailler do filme "Ossos", do diretor português Pedro Costa, exibido na sessão de encerramento da mostra "Conversações".

Entrevista com Manuela Carneiro da Cunha.

Hoje, os países da Europa ocidental só falam em desenvolvimento sustentável e Índice de Desenvolvimento Humano. Hoje, existe mercado de crédito de carbono, além de outros mecanismos para valorizar a floresta.
Por que o Brasil tem de seguir tardiamente um modelo de desenvolvimento antiquado e predatório? Por que, para fornecer commodities, temos de acabar com outros recursos importantes para nosso futuro?”.
Trecho da entrevista com a antropóloga Manuela Carneiro da Cunha, publicada no jornal Folha de São Paulo – Mais!, deste domingo.

18 outubro 2009

A era do compromisso.

image 
"Constantin Costa-Gavras, referente del cine político y social, ha sido durante décadas un azote para las conciencias de Europa y América. Vuelve con Edén al Oeste, donde muestra el drama de la emigración, mientras aparece en su punto de mira la nueva ´nobleza capitalista´." Entrevista publicada hoje no jornal espanhol El País.

Mostra "Conversações": um acontecimento interessante.

CARTAZ1 verso_final

17 outubro 2009

Fogo destrói obras de Hélio Oiticica no Rio de Janeiro.

image
O artista plástico Hélio Oiticica (1937-1980) veste
o Parangolé, um de seus trabalhos mais notáveis(1968).
"Um incêndio destruiu, no final da noite de sexta-feira, parte da residência do pintor e arquiteto César Oiticica, irmão do pintor, escultor e artista plástico Hélio Oiticica, morto em 1980, aos 42 anos. A casa fica na região do Jardim Botânico, no bairro de Botafogo, zona sul do Rio.
No local estavam cerca de 2 mil obras do artista. ´Perdemos cerca de 200 milhões de dólares, mas esse não é o valor principal, o valor em dinheiro não significa nada. É uma perda que o mundo inteiro irá lastimar. A cultura brasileira ficou ferida. Eu me sinto pessimamente´, disse César, em entrevista à Rádio CBN.
Viaturas do quartel de Humaitá foram deslocadas para a residência, mas ainda não se sabe o que teria causado o incêndio, que começou no primeiro andar da casa. Segundo a família, os bombeiros demoraram para chegar na casa e começar o combate ao fogo." Notícia transcrita da Agência Estado. Mais sobre Hélio Oiticica no portal UOL/Folha Online. Mais sobre este acontecimento deplorável, também no portal UOL.

04 outubro 2009

Gracias a Mercedes!

 imagesosa1image 
Mercedes Sosa morreu nesta madrugada, aos 74 anos.
Ler mais em Folha Online (04/10/2009). Músicas da grande mulher e cantora na Rádio UOL. Outras notícias, fotos e videos nos jornais Clarin, La Nación e Página12. Mais notícias sobre a morte, os funerais e sobre a vida de La Negra também em Página12. Outros textos de jornalistas latinoamericanos publicados no ARGENPRESS Cultural    (10/10/2009).

Un vestido y un amor
(Música de Fito Paez)

Te vi
Juntabas margaritas del mantel
Ya se que te trate bastante mal
No se si eras un angel o un rubi
O simplemente te vi

Te vi
Saliste entre la gente a saludar
Los astros se rieron otra vez
La llave de mandala se quebro
O simplemente te vi
Todo lo que diga esta de mas
Las luces siempre encienden
En el alma
Y cuando me pierdo en la ciudad
Vos ya sabes comprender
Es solo un rato no mas
Tendria que llorar o salir a matar
Te vi, te vi, te vi
Yo no buscaba a nadie y te vi

Te vi
Fumabas unos chinos en madrid
Hay cosas que te ayudan a vivir
No hacias otra cosa que escribir
Y yo simplemente te vi

Me fui
Me voy de vez en cuando a algun lugar
Ya se, no te hace gracia este pais
Tenias un vestido y un amor
Yo simplemente te vi.


03 outubro 2009

Una muerte ahora inevitable....pero increíble!

image
Um quase adiós para Mercedes Sosa.
Ler matéria publicada hoje no jornal Clarin e
uma galeria de fotos publicada no jornal La Nación.